Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Daniel Estulin (entrevista ao jornal i, de 2019/02/19 – António Rodrigues)

[NE – Poder-se-á questionar a idoneidade do entrevistado. As suas respostas não descrevem a realidade total do mundo, nem revelam uma análise científica materialista e histórica do capitalismo ocidental. Porém, realça factos conhecidos de muitos mas ignorados pela esmagadora maioria: o papel do grupo de Bilderberg, a natureza dos governantes e, sobretudo, a natureza supranacional e o poderio oculto e inconfessável dos interesses do capital imperialista dos dias de hoje. Além disso, aporta novas informações que podem verosivelmente corresponder às novas rearrumações ou alterações de poderes, no plano das forças mais profundas do capital,  no quadro  da concorrência imperialista entre os gigantes mundiais. São estas as razões pelas quais se publica este artigo.]

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Polo do Renascimento Comunista em França (PRCF)

Seja qual for o futuro próximo do movimento dos Coletes Amarelos, está aberta uma nova etapa do confronto de classes em França. Certamente, a direita e a extrema direita tudo fazem e farão para enganar o movimento e explorar as suas fraquezas ideológicas e organizativas. Que resultam, principalmente, da fuga ao combate de ideias da falsa esquerda europeísta, da extrema esquerda desligada dos trabalhadores (que, em massa, cantam a Marselhesa e ainda vibram com a memória da Revolução Francesa), das confederações sindicais institucionalizadas e de um PCF que não deixa de renegar a Revolução de Outubro e o emblema operário e camponês.

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Partido Comunista da Grécia (KKE) – nota à imprensa

Revela também o facto de que, quem quer que seja o gestor de uma economia que tenha como estratégia servir o capital e os critérios do lucro capitalista, promoverá sempre duras medidas antitrabalhadores em nome de uma “economia verde”.

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rémy Herrera

A estratégia de comunicação do governo foi tentar reduzir a rebelião a um golpe de força da extrema-direita. Hábil. Está bem claro, com efeito, que a extrema-direita estava lá, ela também, misturada entre os amotinados. Mas trata-se igualmente de que Emmanuel Macron espera designar ele próprio seu futuro adversário (na pessoa de Marine Le Pen) nas próximas eleições – o que lhe daria uma vitória confortável (mas sem legitimidade), como em 2017. Este presidente que, como ele pretende, "não recua", sabe que os franceses não desejarão racistas para dirigi-los e procura, assim, encerrá-los numa armadilha: ou ele, ou a extrema-direita.

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Partido Comunista da Turquia (PCT)

O efetivo executante é a classe capitalista, que não se importa com mais nada além dos seus lucros; esta ordem social é baseada na exploração. O resultado natural do facto de a nossa economia ser baseada no enriquecimento de uma pequena minoria, em vez de perseguir os interesses sociais e nacionais, não tem outro resultado que não seja entrar em sucessivas crises.

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eugénio Rosa

A destruição do aparelho produtivo nacional, que tinha atingido níveis impensáveis durante o governo PSD/CDS, continuou, embora a um ritmo menor, durante o governo PS, pondo em causa o crescimento futuro e sendo uma das causas da queda da produtividade. Tudo isto tem sido ocultado no discurso económico oficial de êxitos e no da oposição, que se carateriza também por uma falta de qualquer estratégia a médio e a longo prazo para o país.

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Partido Comunista da Grécia (KKE)

O governo não se comprometeu com a abolição de uma única medida imposta ao povo pelo memorando. Pelo contrário, em tudo o que afirma, compromete-se com a continuação das reformas e com o não regresso ao passado – o que implica, essencialmente, que o povo deveria esquecer o que perdeu e aceitar a distribuição de migalhas

 

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Investigação/Paulo Pena

Osborne e Harrison abriram o mercado das pensões britânicas aos gestores de fundos, como a BlackRock. Ambos trabalham agora na empresa.

 

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ron Jacobs *

Estas tarifas não são para benefício dos trabalhadores. São uma tentativa de uma fação da classe dominante dos EUA para extrair mais lucros de um sistema em crise e para internalizar o sistema neoliberal, tanto quanto possível. Os meios de subsistência dos trabalhadores dos EUA são secundários, pelo menos na sua lista de preocupações.

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eugénio Rosa

Em 5 anos (2018/2022), o governo pretende cortar 6.851 milhões €, a preços correntes de cada ano, nas despesas com pessoal das Administrações Públicas e 5.199,9 milhões €, também a preços correntes de cada ano, nas despesas com prestações sociais, o que totaliza … um corte de 12.050,9 milhões € nestas duas rubricas, que são fundamentais para a prestação de serviços públicos de qualidade … Mas já há 792 milhões € … para financiar o Fundo de Resolução, a fim deste apoiar a banca … esta política de cortes nas despesas dos serviços públicos e nas despesas com prestações sociais … atingirá principalmente os portugueses de baixos rendimentos, agravando as suas condições de vida e as graves desigualdades já existentes no país.

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)


Nota dos Editores

A publicação de qualquer documento neste sítio não implica a nossa total concordância com o seu conteúdo. Poderão mesmo ser publicados documentos com cujo conteúdo não concordamos, mas que julgamos conterem informação importante para a compreensão de determinados problemas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.