Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Iniciativa Europeia de Partidos Comunistas e Operários

Os sistemas públicos de segurança social, da educação pública e da saúde pública passaram a existir nos países capitalistas porque foram primeiro criados na URSS. A classe operária nos países capitalistas tornou-se mais forte graças à existência dos países socialistas. A existência dos países socialistas, só por si, foi suficientemente forte para enfraquecer os capitalistas e dar mais força ao movimento da classe operária em todo o mundo.

 

Sem Título (53).jpg

 

A Iniciativa Europeia de Partidos Comunistas e Operários, no 101.º aniversário da Grande Revolução Socialista de outubro, afirma o seguinte:

A Revolução de Outubro foi o maior acontecimento do século XX. Os efeitos que a tomada do poder pela classe operária teve para os trabalhadores e os povos do mundo foram visíveis por décadas e moldaram os desenvolvimentos da história humana.

Os sistemas públicos de segurança social, da educação pública e da saúde pública passaram a existir nos países capitalistas porque foram primeiro criados na URSS. A classe operária nos países capitalistas tornou-se mais forte graças à existência dos países socialistas. A existência dos países socialistas, só por si, foi suficientemente forte para enfraquecer os capitalistas e dar mais força ao movimento da classe operária em todo o mundo.

Atualmente, anos depois do triunfo da contrarrevolução na URSS e nos países socialistas europeus e, agora mesmo, os capitalistas continuam a tentar destruir todas as conquistas alcançadas graças à heroica luta da classe operária e dos povos, inspirada no exemplo dos países que estavam a construir o socialismo-comunismo.

A importância da Revolução de Outubro e as suas consequências não devem ser esquecidas ou manipuladas. A Revolução de Outubro, o movimento comunista e a sua história não devem nunca ser equiparados ao nazi-fascismo. Não podemos esquecer que foi a URSS que derrotou o nazi-fascismo e libertou os países da Europa Oriental!

O exemplo da Revolução de Outubro é inspirador para as novas gerações de comunistas em toda a Europa, que lutam sob condições muito difíceis contra a burguesia e os seus mecanismos e alianças estatais e interestatais, como a União Europeia ou a NATO, que alimentam o perigo de novas guerras e confrontos imperialistas.

O exemplo da Revolução de Outubro está cheio de lições para o movimento da classe operária, que desenvolve uma luta duradoura contra os patrões e os seus governos, que querem destruir os direitos sociais e trabalhistas, os acordos coletivos, os sistemas da segurança social e da saúde, que querem aumentar a idade de reforma e dificultar o acesso dos trabalhadores às pensões públicas.

O exemplo da Revolução de Outubro e da construção socialista é uma arma poderosa nas mãos das mulheres operárias e das mulheres das camadas populares, que podem encontrar muitos exemplos de como a sua libertação só pode ocorrer em conjunto com a libertação de toda a classe operária e de como a igualdade entre homens e mulheres só pode ser alcançada num sistema económico e social que ponha fim às raízes económicas da desigualdade.

A Grande Revolução Socialista de Outubro de 1917 indicou o caminho a seguir: ao demolir as relações de produção e o Estado capitalista através da Revolução Socialista; ao socializar os concentrados meios de produção, para abrir caminho a uma economia centralmente planificada, sob o controle operário da produção e distribuição do produto social; ao erguer a democracia socialista-comunista a partir dos locais de trabalho, construindo um novo tipo de Estado, que monopolize, até ao seu completo desaparecimento, todos os vestígios das relações de produção mercantis e qualquer vestígio de exploração e opressão de alguns seres humanos por outros, até ao completo triunfo do comunismo.

Durante muitas décadas, a URSS e os restantes países socialistas provaram a superioridade do socialismo-comunismo sobre o capitalismo. É um facto que, pela primeira vez na história, a exploração do homem pelo homem foi superada e que, na URSS e nos restantes países socialistas, foram estabelecidas as bases para a formação de uma sociedade superior, livre da exploração e de todas as formas de opressão.

É por isso que estamos totalmente comprometidos em defender e promover os avanços da construção socialista do passado, ensinados pelas fraquezas e erros, mas, também e principalmente, empenhados em retomar o caminho assinalado pela Revolução de Outubro, há 101 anos. Estamos também empenhados em organizar e desenvolver novas revoluções que levem a classe operária dos nossos países a uma nova forma de desenvolvimento, livre da exploração e da guerra, na base de relações entre países fundadas na cooperação mútua e não no saque e na pilhagem.

Novembro de 2018

Iniciativa Comunista Europeia

Fonte: https://www.initiative-cwpe.org/en/news/The-Initiative-on-the-101th-anniversary-of-October-Revolution/, publicado em 2018/11/07, acedido em 2018/11/12

Tradução do inglês de MFO

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)



Nota dos Editores

A publicação de qualquer documento neste sítio não implica a nossa total concordância com o seu conteúdo. Poderão mesmo ser publicados documentos com cujo conteúdo não concordamos, mas que julgamos conterem informação importante para a compreensão de determinados problemas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.