Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Tribuna Popular – órgão informativo do CC do Partido Comunista da Venezuela (PCV)

O último plenário do Comité Central do PCV ratificou a sua linha de aprofundar a rutura com a política liberal burguesa do governo de Nicolás Maduro. Recentemente, numa entrevista com o jornalista Vladimir Villegas, o dirigente comunista definiu o PCV e a APR como a única oposição revolucionária ao atual governo, dado que há um claro entendimento entre a cúpula governante, atores políticos da direita e setores do capital transnacional.

 

Sem Título.jpg

13 de julho de 2021, Tribuna Popular

Caracas, 13/07/2021. Redação de TP – O deputado do Partido Comunista da Venezuela (PCV), Oscar Figuera, pronunciou-se sobre a reunião da chamada Comissão para o Diálogo, Reconciliação e Paz, realizada esta segunda-feira entre o presidente Nicolás Maduro e um setor da oposição venezuelana, no palácio do governo .

Obviamente, a oposição já está em Miraflores! Com negociações entre cúpulas, consolida-se o pacto das elites. De costas para os interesses do povo, não haverá saída revolucionária da crise capitalista, nem reconciliação, nem paz”, afirmou o Secretário-Geral do PCV, através da sua conta na rede social Twitter.

Presenciamos, noutro espetáculo politiqueiro, a transição na desgastada liderança da direita. Algum idiota útil preso e outros preparando as malas. Assim se vai esvaziando o falso estádio supervisionado pelos EUA”, expressou, em clara referência à montagem mediática que significou a fracassada detenção de Juan Guaidó e à prisão do dirigente da organização de extrema-direita Vontade Popular, Freddy Guevara.

O movimento operário revolucionário, campesino, comunitário e popular não descansará na defesa dos seus legítimos direitos e conquistas sociais”, continuou o parlamentar da Alternativa Popular Revolucionária (APR).

Figuera declarou que “enquanto se encontrava em Miraflores”, a APR elaborou uma nova edição do Debate Popular Revolucionário, “construindo propostas dos trabalhadores para viabilizar a indexação salarial”.

O último plenário do Comité Central do PCV ratificou a sua linha de aprofundar a rutura com a política liberal burguesa do governo de Nicolás Maduro. Recentemente, numa entrevista com o jornalista Vladimir Villegas, o dirigente comunista definiu o PCV e a APR como a única oposição revolucionária ao atual governo, dado que há um claro entendimento entre a cúpula governante, atores políticos da direita e setores do capital transnacional.

Fonte: https://prensapcv.wordpress.com/2021/07/13/diputado-oscar-figuera-de-espaldas-al-pueblo-no-habra-reconciliacion-ni-paz/, publicado em 2021/07/13, acedido em 2021/07/17.

Tradução do castelhano de PAT

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)



Nota dos Editores

A publicação de qualquer documento neste sítio não implica a nossa total concordância com o seu conteúdo. Poderão mesmo ser publicados documentos com cujo conteúdo não concordamos, mas que julgamos conterem informação importante para a compreensão de determinados problemas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.