Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Federação Sindical Mundial (FSM)

29 Mar 2019

Os trabalhadores de todo o mundo estão bem conscientes do que o negócio imperialista significa para o Médio Oriente e o Mediterrâneo Oriental. Mais guerras, mais refugiados, novas mudanças nas fronteiras e novos bombardeamentos são o “preço” que os povos têm de pagar pelos ganhos capitalistas.

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Partido Comunista da Grécia (KKE)

O enquadramento da “cooperação regional” em que a Grécia participa foi formado com o incentivo dos EUA e sob um guarda-chuva da NATO. A tríade Grécia-Chipre-Israel é pois uma forma de cooperação militar e económica, em que os EUA nunca esconderam o facto de estar em linha com os seus interesses estratégicos na região.

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coligação RESPOSTA – Declaração

A Venezuela possui as maiores reservas comprovadas de petróleo do mundo. O fantoche Juan Guaidó prometeu reabrir os campos de petróleo da Venezuela à Exxon Mobil, à Chevron e a outros gigantescos monopólios de petróleo que os controlavam. Já antes vimos este filme – muitas vezes.

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Granma * - redação digital

A derrota militar do autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, ao não conseguir, até hoje, a adesão das Forças Armadas Nacionais Bolivarianas (FANB), foi censurada pelo vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence.

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Partido Comunista do Brasil (PCB) – Nota política

A atual escalada de ataques do imperialismo estadunidense e de seus aliados à Venezuela inclui medidas de bloqueio de recursos financeiros em bancos norte-americanos, confisco de ouro depositado no Banco da Inglaterra, boicote à importação de alimentos e medicamentos, forte ofensiva ideológica na mídia internacional contra o governo de Maduro, além de movimentações militares de posicionamento de tropas norte-americanas em bases militares no Caribe. No plano interno, é evidente a presença de “militantes” financiados via Miami para sabotar o regime.

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

[NE – Este apelo está no endereço eletrónico indicado no final e, além das subscrições individuais que aí podem ser efetuadas, já foi subscrito por 58 organizações de diversos países.]

… apelamos aos membros da comunidade internacional, em particular aos Estados Unidos, ao Reino Unido, à França, ao Canadá, à Austrália, à Espanha, ao Brasil e à Finlândia, a que ponham imediatamente fim a todas as vendas de armas às partes deste conflito. […]

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pete Dolack *

... para um país em que a mídia corporativa afirma insistentemente ter sido governado por dois “ditadores” (lembre-se que Hugo Chávez era normalmente denunciado da mesma forma que Nicolás Maduro é hoje), seria difícil encontrar algum outro com mais oportunidades de democracia popular e  de participação  das pessoas comuns nas decisões que afetam as suas vidas e as dos seus bairros. 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Partido Comunista da Venezuela (PCV)

 

Exigimos que os governos. nacional, regional e municipal, exerçam a sua autoridade para neutralizar as máfias da especulação e corrupção, que agem impunemente, ações necessárias para recuperar o poder aquisitivo dos salários e o acesso a bens e serviços básicos.

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Federação Sindical Mundia (FSM)

25 jan 2019

 

a FSM reafirma, como já o fez em várias ocasiões, a sua solidariedade com o povo venezuelano, com a classe operária e as organizações do país nossas filiadas, perante esta ameaça imperialista. Além disso, apelamos ao povo venezuelano para que rejeite as manobras dos imperialistas e dos seus lacaios na região e condene os planos dos assassinos dos povos.

 

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ángeles Maestro

O objetivo estratégico que presidiu a todos os planos do imperialismo, desde a vitória da Revolução de Outubro até ao afundamento da URSS, em 1991, foi a derrota do comunismo. A finalidade comum de destruir o primeiro Estado proletário tornou possível a luta conjunta contra ele de todas as potências capitalistas que se confrontaram nas duas guerras mundiais. Perante este ojetivo superior, as contradições interimperialistas apareciam secundarizadas e a hegemonia de Washington assegurada.

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)


Nota dos Editores

A publicação de qualquer documento neste sítio não implica a nossa total concordância com o seu conteúdo. Poderão mesmo ser publicados documentos com cujo conteúdo não concordamos, mas que julgamos conterem informação importante para a compreensão de determinados problemas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.