Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Federação Sindical Mundial (FSM)

Até hoje, ainda se aplica a lei de 1928, da União Soviética, segundo a qual a idade máxima da reforma é de 55 anos para as mulheres e de 60 para os homens. A União Soviética foi o primeiro Estado do mundo a votar e implementar uma tal lei. […] a atribuição da pensão de reforma aos 55 anos para as mulheres e aos 60 anos para os homens confirmou a superioridade do socialismo em relação à barbárie capitalista.

 

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quim Boix *

Os senhores, os pró-capitalistas, preferem que haja milhões de desempregados para, assim, poderem reduzir os salários, com base na falsa lei do mercado, que só aplicam aos que não são proprietários dos meios de produção. Pelo contrário, aos proprietários dos meios de produção, os senhores concedem-lhes todas as vantagens e subsídios (paraísos fiscais e outras corrupções incluídos). Compreende-se que assim seja, porque são os senhores os gestores do capitalismo, os proprietários das multinacionais (neste plenário há muitos representantes delas), os que se apropriam dos benefícios dessa exploração, bem analisada pelos marxistas.

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Federação Sindical Mundial (FSM)

O princípio básico da FSM  é o internacionalismo proletário e a solidariedade internacionalista. Hoje, neste mesmo dia em que estamos a discutir, o exército israelita está a assassinar palestinianos.  O exército israelita invade a terra heróica da Palestina. Neste mesmo dia em que estamos a discutir, na Líbia, na Síria, na Venezuela, em Cuba e no Iraque, os imperialistas dos EUA, juntamente com os seus aliados, e a UE atacam e matam para roubar os recursos nacionais dos países, para definir novas esferas de influência e traçar novas fronteiras.

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eugénio Rosa

O que era necessário era inverter toda esta lógica de contratação a prazo: um trabalho permanente deve corresponder sempre, mas sempre, a um contrato permanente. Mas isso o governo não faz porque o patronato não quer, para assim continuar a explorar intensamente (sobre-exploração) mais de 855 mil trabalhadores com contratos precários, segundo dados do Eurostat.

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Federação Sindical Mundial (FSM)

… o sangue dos trabalhadores que foi derramado em Chicago, em 1886, lembra-nos o nosso dever de hoje; lembra-nos que nada é dado sem luta; todos os direitos, ou a liberdade, que foram conquistados pela nossa classe, foram-no através de sacrifícios, confrontações e lutas organizadas.

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Federação Sindical Mundial (FSM)

12 de outubro de 2017

Como movimento sindical internacional de classe, apoiamos os protestos e reivindicações de todos os trabalhadores da França contra a reforma do código do trabalho, contra os cortes no emprego e o ataque aos seus direitos sociais e direitos adquiridos.

 

 

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Unidade Classista-Brasil (Nota política) [1]

 

A nosso favor contamos com o crescente sentimento de indignação. Por outro lado, o gigantesco endividamento dos trabalhadores, estimulados pela sociedade de consumo, a ação nefasta dos dirigentes sindicais pelegos e a crescente alienação são fatores importantíssimos que explicam, ao menos em parte, as dificuldades de compreensão da necessidade de uma resistência organizada.

 

 

Print Friendly and PDF

Autoria e outros dados (tags, etc)


Nota dos Editores

A publicação de qualquer documento neste sítio não implica a nossa total concordância com o seu conteúdo. Poderão mesmo ser publicados documentos com cujo conteúdo não concordamos, mas que julgamos conterem informação importante para a compreensão de determinados problemas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.